Editorial

A campanha vai começar

14 de Agosto de 2018 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Entramos em uma das semanas mais importantes das eleições 2018. Ela é balizadora do processo porque irá apontar quem pode e quem não pode concorrer no pleito. O dia de amanhã é aguardado com expectativa. Trata-se do último prazo para os partidos protocolarem, até as 19h, os candidatos e as coligações da corrida presidencial no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). E o mais esperado é o registro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), atualmente preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso envolvendo o triplex do Guarujá (SP). Lula cumpre pena de 12 anos e um mês, e saberá se estará inelegível ou não.

Pelo calendário do TSE, amanhã também é a data final para as agremiações e as coligações apresentarem o requerimento de registro de candidatos a governador e vice-governador, senador e suplente, deputados federal, estadual ou distrital.

É ainda o último dia para os tribunais e conselhos de contas tornarem disponível a relação daqueles que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade.

Na quinta-feira passam a ser permitidos a propaganda eleitoral e o uso, por candidatos, partidos ou coligações, das 8h às 22h, de alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos. Também terá início, até as 22h do dia 6 de outubro, o período para a distribuição de material gráfico, caminhada, carreata, passeata ou carro de som nas cidades, divulgando jingles ou mensagens de candidatos.

E o 16 de agosto marca, até 5 de outubro, a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução na internet, no jornal impresso, de até dez anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, com padrões de tamanhos definidos.

A semana, portanto, que se inicia envolta de especulações, irá se encerrar com os candidatos praticamente definidos e os primeiros nomes dos postulantes a cargos políticos nas ruas.


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados