Educação

Instituto de Menores promove workshops

Cursos são oferecidos para seus estudantes, mas o objetivo é passar a ofertar também à comunidade em geral

10 de Agosto de 2018 - 11h10 Corrigir A + A -
Os alunos participam e aprendem com professores. (Foto: Jô Folha - DP)

Os alunos participam e aprendem com professores. (Foto: Jô Folha - DP)

Profissionais se reúnem para ensinar as crianças. (Foto: Jô Folha - DP)

Profissionais se reúnem para ensinar as crianças. (Foto: Jô Folha - DP)

O Instituto de Menores Dom Antônio Zattera (Imdaz) é referência em assistência social em Pelotas desde 1924, se comprometendo com a comunidade e acompanhando crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social da cidade. Com o objetivo de promover a convivência e valorizar o estudo, uma série de atividades é promovida dentro da instituição, como esportes, aulas de músicas e culinária. Por enquanto, essas atividades estão restritas aos alunos acolhidos, mas a ideia é passar a ofertar à população em geral e mostrar que o Instituto de Menores faz parte da comunidade.

A inclusão social através da música é um ponto forte da instituição. Desde 2013, existe o Projeto Notas de Esperança, com a empresa Ecosul, e no começo deste ano foi fechada uma parceria com a 8º Brigada de Infantaria Motorizada, que culminou com a criação da Banda Marcial no Imdaz. A partir disso, em maio de 2017 os funcionários do Instituto começaram a se mobilizar para promover workshops de música. Então surgiu o 1º Workshop Musical do Imdaz, que reúne profissionais da área para ministrar diversas aulas para alunos de várias idades. As crianças aprendem sobre canto, como tocar instrumentos e saem da rotina com bandas convidadas.

O curso de Gastronomia também se destaca. As aulas começaram há aproximadamente três meses apenas para os estudantes de lá, mas o objetivo é que em 2019 a comunidade possa participar. Por enquanto, o curso é grátis, mas a partir do ano que vem passarão a ser cobrados. O professor Ricardo Mediondo, que ministra Gastronomia, explica que serão desenvolvidos cursos profissionalizantes com certificados para quem concluí-los.

A ideia é tentar atrair mais crianças, através da criação de eventos com as escolas da região. Bruna Heinemann, membro do Conselho Fiscal da Diretoria desde abril de 2017, afirma que o Imdaz está de cara nova e a intenção é mostrar isso à população. O Instituto não está isolado, e, ainda de acordo com Bruna, eles "querem mostrar que estão dentro da comunidade". Os alunos podem convidar amigos para participar desses novos projetos que estão sendo criados. Assim, eles mostram que sentem orgulho em fazer parte dessa instituição.

Em busca de professores
Para que isso aconteça, é importante que todos colaborem. Com uma diretoria voluntária e sem verba para conseguir contratar profissionais, os projetos precisam de professores voluntários. Bruna explica que os alunos precisam de adultos que sirvam como referência e os apoiem. Então, para isso, quem se interessar em ajudar será bem acolhido. Além disso, doações são sempre bem-vindas. Alimentos, roupas em bom estado e produtos de higiene ajudam a manter o bom funcionamento do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera.

O Instituto trabalha atualmente com aproximadamente 160 crianças, um número que cresceu consideravelmente desde 2017, quando apenas 70 estavam envolvidas. Diariamente, elas passam as manhãs ou tardes lá (dependendo do turno em que estudam nas suas escolas), recebem alimentação e participam das oficinais disponibilizadas. Os alunos aprendem sobre música e gastronomia, têm aula de esportes como taekwondo, além de aulas de educação física. As famílias dos estudantes recebem atendimento com assistentes sociais e também podem ter aulas de reforço com professores. De acordo com o presidente, padre Luiz Zanetti, o Instituto de Menores se mantém com a ajuda de projetos com a prefeitura de Pelotas e o Ministério Público, e parcerias com supermercados e algumas lojas da região. Ele reforça que a comunidade também pode ajudar. Todas as informações sobre como doar e ser voluntário estão no site (https://imdazpelotas.wixsite.com/imdaz), que é constantemente atualizado.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados