Transição

Distribuição dos kits digitais em Pelotas atrai telespectadores

Entrega dos equipamentos está sendo feita há duas semanas e termina no dia 28 de novembro, data do desligamento do sinal analógico

09 de Agosto de 2018 - 11h35 Corrigir A + A -
Direito. Beneficiários do Bolsa Família têm acesso gratuito 
ao material.  (Foto: Paulo Rossi - DP)

Direito. Beneficiários do Bolsa Família têm acesso gratuito ao material. (Foto: Paulo Rossi - DP)

Por Marina Amaral
marina.amaral@diariopopular.com.br

A forma como a televisão é transmitida passa por mudanças: o sinal analógico será desligado e substituído de forma integral pelo sinal digital. Para continuar assistindo à televisão com alta qualidade sem precisar adquirir outro aparelho com conversor digital embutido, beneficiários do Bolsa Família e outros programas do Cadastro Único (CadÚnico) podem solicitar e retirar seus kits digitais de graça. Em Pelotas, esse processo ocorre há duas semanas na avenida Bento Gonçalves, 3.041, e se estenderá até o dia 28 de novembro, quando o sinal analógico será permanentemente desligado.

A distribuição dos kits está sendo feita pela Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV), por meio de agendamento por telefone ou pelo site da instituição (www.sejadigital.com.br/). Os beneficiários podem escolher a data e a hora que desejam ser atendidos. No dia marcado, eles recebem o kit gratuito de TV digital que contém um conversor, uma antena e os outros materiais necessários à instalação do aparelho. É feito um treinamento para que todos saiam com as informações necessárias. Caso alguém tenha alguma dificuldade durante o processo de instalação, pode retornar ao local até o dia 28 de novembro.

Todos os brasileiros inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar seu kit gratuito. O cidadão que está com dúvidas e não sabe se tem o direito de receber o benefício, pode entrar em contato com o número 147 para confirmar. Ao ligar, é preciso informar o CPF ou o Número de Inscrição Social (NIS). De acordo com a gerente regional da Seja Digital, Márcia Cavalcante, os funcionários possuem uma lista com os nomes de todos os beneficiários. Ela incentiva que, quem ainda tem dúvidas, ligue o quanto antes.

Márcia ainda afirmou que em Pelotas há uma adesão muito significativa à distribuição dos aparelhos. Metade da população já fez o agendamento e cinco mil dos 22 mil kits disponíveis já foram retirados. A Seja Digital é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, criada por determinação da Anatel. Existe desde 2014 e a partir de 2016 vem distribuindo os aparelhos gratuitamente. Até agora, mais de dez milhões de kits foram entregues.

A população aprova o sistema de retirada do kit de TV digital. Jovina Gonçalves contou, após receber os equipamentos, que o agendamento foi fácil e todo o atendimento muito rápido. A explicação sobre a instalação dos conversores foi elogiada por Daniela Soares, que também achou fácil e afirmou que o processo é bem explicado.

Também é importante lembrar que, com o fim do sinal analógico, a internet móvel ficará mais rápida. “É uma revolução na comunicação do Brasil”, destacou Márcia Cavalcante.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados