Investigação

Cinco bancos que devem à Previdência prestam depoimentos nesta terça na CPI do Senado

De acordo com levantamento da Procuradoria Geral da Fazenda, as agências financeiras deixaram de repassar R$ 1,3 bilhão em 2016

19 de Junho de 2017 - 11h42 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Audiência está marcada para as 14h30min, no plenário (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado) (Foto: Divulgação - DP)

Audiência está marcada para as 14h30min, no plenário (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado) (Foto: Divulgação - DP)

A CPI da Previdência ouve nesta terça-feira (19) representantes dos cinco bancos que mais devem à Previdência Social. Caixa Econômica Federal, Bradesco, Banco do Brasil, Itaú e Santander deixaram de repassar R$ 1,3 bilhão, segundo dados da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional relativos a 2016. As informações são da Agência de Notícias do Senado.

Participam do debate Marcelo Santos Dall’Occo, diretor de Auditoria Fiscal do Bradesco; Marcos Brasiliano Rosa, superintendente de Contabilidade e Tributos da Caixa; Sérgio Gordon, superintendente Jurídico Tributário do Itaú Unibanco; Alessandro Tomao, superintendente Jurídico do Santander; e um representante do Banco do Brasil.

O requerimento para a audiência pública foi do senador Hélio José (PMDB-DF), relator da CPI. Foi a 12ª audiência pública da comissão que investiga a contabilidade da Previdência Social.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados