Tragédia

Pelo menos 30 pessoas morreram no incêndio do prédio em Londres

Alto comando policial disse que no momento, não há nada que indique que o fogo foi provocado deliberadamente

16 de Junho de 2017 - 14h05 Corrigir A + A -

Agência Brasil

Último relatório informa que 24 pessoas continuam hospitalizadas, 12 em estado crítico, em quatro hospitais da capital (Foto: Agência Estado)

Último relatório informa que 24 pessoas continuam hospitalizadas, 12 em estado crítico, em quatro hospitais da capital (Foto: Agência Estado)

Pelo menos 30 pessoas morreram no incêndio ocorrido quarta-feira (14) em um edifício residencial a oeste de Londres, confirmou nesta sexta-feira (16) o comandante Stuart Cundy, da Polícia Metropolitana da capital britânica. A informação é da Agência EFE.

Em declaração à imprensa, o alto comando policial disse que, "neste momento, não há nada que indique que o fogo foi provocado deliberadamente". Acrescentou que não esperam encontrar mais sobreviventes.

No acidente ocorrido na madrugada de quarta-feira na torre Grenfell, um bloco de 24 andares e 120 apartamentos situado a oeste da capital, 76 pessoas ainda estão desaparecidas, segundo estimativas da imprensa.

Em relação aos feridos, o último relatório informa que 24 pessoas continuam hospitalizadas, 12 em estado crítico, em quatro hospitais da capital.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados