Terrorismo

Rússia acredita ter matado líder do Estado Islâmico

Alvo do ataque aéreo russo foi um encontro de líderes do grupo terrorista

16 de Junho de 2017 - 09h17 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Essa não é a primeira vez que o líder do grupo terrorista é declarado como morto (Foto: Divulgação - DP)

Essa não é a primeira vez que o líder do grupo terrorista é declarado como morto (Foto: Divulgação - DP)

A Rússia acredita ter matado líder do Estado Islâmico (EI). É o que afirma o ministro da Defesa do país, nesta sexta-feira (16). O alvo do ataque aéreo russo foi um encontro de líderes do grupo terrorista.

Informações checadas por vários veículos de comunicação indicam que Abu Bakr al-Baghdadi, número um do EI, foi eliminado no bombardeio. Entretando, a informação ainda não foi confirmada pela coalizão internacional que controla os ataques na região.

Essa não é a primeira vez que o líder do grupo terrorista é declarado como morto. Mas as notícias, nas outras vezes, rapidamente foram desmentidas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados